Volte ao SPIN


sexta-feira, 18 de julho de 2014

A questão das diferenças



Esqueci de dizer que, o fato de transportar seu amigo, não quer dizer que eu a transporte
Não necessariamente até mesmo pq não somos enxames de abelhas
Embora às vezes estejamos todos juntos, cada um de nós é 1
És cada
Cada um diferente de um
1#!#
!!!!!!!!!!#
1111111111111111111111111111111111111111111111111
11111111111111111
H, spin governante alemão, criador da II Guerra Mundial é que queria todos iguais a ele
Assim: 1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=
Comigo não cabritinho bodezinho
Cada 1#1#1#1#
Onde # quer dizer diferente
1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#

Este poste foi guardado no dia 30

Inté.

domingo, 4 de maio de 2014

Sonho D ou: Spin a traduzir...

Relato de sonho

Do Spin Sexual

Acabei de sonhar com um belo jovem me trazendo um saco de pães
Representação da sexualidade
E sexualidade se escreve sexualidade sssssss sinuosidade serpente ouro borus
E claro fiquei arisco e mesmo assim para me conquistar me trouxe pães
E joguei tudo no lixo
E chegou Renê e ficou encantada com aqueles pães em forma de coração
Ela: Vou usar prá fazer uns pratos
Eu: Cuidado Renê, isso é pão pi, ops i
Tá estragado
(   ) Condenado ao lixo da história
Ah, mas é uma decorrência de lembranças do passado presentes essa divisão entre o bem e o mal
Isso não existe!
Tudo é deiscente de deiscência divindade perfeição
Não ao perfeccionismo neurótico que impede o erro
Errremos

Amor D

Lembrei de Amor D, uma obra da década de 80
Os sons do Amor D, na secretária eletrônica
Anunciado na página de Classificados do jornal Diário da Manhã
Foi bom

Voltando ao sonho

O pão não era estragado e sim Pão D
Sem idade e sim no tempo em si
Tudo aquilo era arte e não Ñ vs i

E assim o fim da visão acabou: Acabou de ser decretado que a divisão acabou.
E era como se fosse e era a divisão ente o joio e o trigo: Juizo final incial: A Mariana Marcassa pode voltar
Sim, ela, altista que é, participou enquanto gestual ou performance e, os demais, enquanto realidade
e nã===
Não há diferença entre personagem e ser histórico
Os demais foragidos da Justiça Divina
Joaquim Barbosa e outros(as)
Ah são tantos
E essas aqui, ah meu deus nem acredito no perdão a esta gente fútil


Este post foi compartilhado no Facebook,  com o seguinte adendo:

Me poupe dessa gente mas, infelizmente, foi decretado que ele podem voltar
Não faz sentindo
Fazer o que senão obedecer
Mas é isso mesmo: O Juizo Final Incial acabou~
Não há mais divisão entre bem e mal
Tudo é deiscente
Eu não disse "deiscente" de retidão mas "deiscência" de divindade
Tudo é D a partir de agora

Me poupe dessa gente mas, infelizmente, foi decretado que ele podem voltar
Não faz sentindo
Fazer o que senão obedecer
Mas é isso mesmo: O Juizo Final Incial acabou~
Não há mais divisão entre bem e mal
Tudo é deiscente
Eu não disse "deiscente" de retidão mas "deiscência" de divindade
Tudo é D a partir de agora
i

sábado, 30 de março de 2013

A minha força


Na 5a. feira, véspera de Sexta Feira Santa, pensei em desistir ao fazer-me várias perguntas dentre as quais: Prá q mesmo
Na verdade eu estava sem forças
Abatido
Não sei pq
Mas , ao vasculhar um o email ideiasemparede@yahoo.com.br que, assim como os demais antigos, havia sido deletado com todas as minhas obras
Mas não
Elas estavam lá, coisas de 2004 que, até podem ser insignificantes e no entanto serviu para que finalmente criasse o spinLeaks com coisas que eu mesmo não reconhecia lembrava
Sei que muita coisa se perderam
Mas fazer o que se recuperei minha força
isso que interessa

sexta-feira, 29 de março de 2013

Spinleaks



63 visões, formas e nomes

**************

22:42
visões, formas e nomes
e nomes quer dizer nomes de pessoas
e pessoas se escreve pessoas=pontes
e se o teu corpo não suporta o peso=presença
nem mesmo de um pássaro=avião
então cuida do teu corpo=espírito
pois que alguma coisa está errado
não com os átomos=aviões
mas com o teu corpo
E o céu se abre
E a paz reina na terra=céu

quinta-feira, 28 de março de 2013

Kd minhas obras

Num momento de bobeira joguei minhas coisas foram para no lixo, agora sei, foi a Embratel, os textos estavam no email que abri no Clck 21, estava tudo lá, sob a responsabilidade dessas operadoras que só sabem no sugar destroem nossas obras, eu tinha outra obra no telefone da Telegoiás, spin comunicadora, pessoa jurídica, e, com a privataria ficou assim. Do acervo restou apenas as citações de spin leitores, como por exemplo o Carlos Brandão, spin tucano, humano.
Se sou amigo do Carlos Brandão, spin jornalista? 
:E por acaso uma pessoa como eu refratária até dizer chega pode ser amigo de alguém
Quando o vejo corto voltas, às vezes o vejo de surpresa por ai e me escondo,...sou muito tímido

...,,,,
Chafurdando no lixo do spin achei mais este elogio mas, os textos mesmo, nem sinal..;oh que spin bagunçado,,,precisaria de ter alguém cartesiano para arrumar....foi tudo pro lixo:


José Carlos, estou gostando muito dessa sua visita à médica.
Que narrativa bacana.
Que jeito próprio de contar as coisas da roça sem ser caipira (caipiragem é coisa muito comum em Goiás. Vide Carmo Bernardes e outros metidos a escritores).
Gostei demais da primeira parte da visita à médica, até o final da visita.
Aquele texto, particularmente, é impagável.
Por que vc não pensa em reunir tudo isso num livro diferente?
Igual o livro do Gil Perini, Pequeno Livro do Cerrado, que tem momentos parecidos com os seus.
É só uma sugestão, né?
Boba, eu sei, mas deu vontade de falar.
Grande beijo do amigo
Carlos 


________________________________________________
Diario da Manha Online

: Agora vejo com atenção este email do Carlos Brandão, spin jornalista compositor escritor, humano, de 2004, há coisas que talvez eu não deveria trazer a público, refiro-me a estas críticas a caipiragem de alguns escritores goianos, mas fazer o que se é verdade, mas a sensação é de que isso, essa coisa de trazer esse email `à público, me lembra o Wikileaks,, Vatileaks e, agora, Spinleaks, mas fiquem tranquilos, foi tudo praticamente deletado pela Embratel

Antigas correspondências



----- Original Message -----
Sent: Wednesday, July 21, 2004 12:19 PM
Subject: Deiscências-I, Capítulo 25/70

1.O que é isto?
(  X  ) escrita íntima
(     )anamnese
(     )desabafo
2. para que faço isto
(    )para me divertir
(  X  )para estar fazendo arte
(    )falta de entretenimento
(    )solidão
3. o que quero?
( X  )mudar o mundo
(   )adaptar-me à realidade
(   )ser lido